CREME DE BATATA DOCE E ESPECIARIAS

POR Figo Lampo

TEMPO TOTAL: 75 mins | DOSES: 4 | DIFICULDADE: Fácil

Preparação: 45 mins | Cozedura: 30 mins

HISTÓRIA

Não gostava de chá. Nunca gostou. Mas fazia-o todas as manhãs para o seu João.
Ela bebia café. De cafeiteira. Simples e sem segredos. ”Como o amor”, dizia-me. 
Afastava-se da cozinha nas suas pantufas dobradas no calcanhar apenas para ligar o rádio. Ajeitava as madeixas de cabelo branco prata apanhado em rodete e voltava à cozinha.
Enquanto compunha a mesa do pequeno-almoço contava-me histórias daquele amor. Falava-me nas horas passadas com ele à janela, declamando amor em olhares e palavras doces.
Enchia a tigela de café. Pingava com leite e aconchegava os pedaços de pão de véspera cortados a jeito para as sopas. 
E contava-me que lhe escrevia palavras soltas e sentidas em bilhetinhos que lhe entregava em mão fechada na despedida de mais um dia. 
Nesta altura suspirava e sentava-se. Apanhava as pontas do avental com os dedos despidos e trémulos e baixava a cabeça. Olhava-me dos seus olhos azuis imensos e chorava a saudade. 
“O teu bisavô era um romântico, filha”. 
Desviava o olhar e fitava o vazio como se o sentisse ali. 
Levanta-se e preparava-me uma fatia de pão com manteiga e açúcar. “Toma filha, vai comer.”
Eu sentava-me na soleira da porta a comer. O seu pequeno-almoço era sempre a sós com ele. Em silêncio, com a sua tigela de café e a chávena de chá que fazia todas as manhãs para ele. Como se ele sempre ali tivesse estado.

INGREDIENTES E PREPARAÇÃO

Cebola roxa
2 Dente de alho
2 c. sopa Azeite
2 Batata doce
2 Cenouras
1 Alho francês
1 c. café Gengibre em pó
1 c. café Canela em pó
1 c. café Pimenta-da-jamaica
700 ml Caldo de galinha
q.b. Sal
q.b. Natas azedas

Pique a cebola e os dentes de alho. Coloque num tacho, junte o azeite e refogue uns minutos.
Junte o alho francês (só a parte branca) e a cenoura em rodelas e a batata doce cortada em pequenos pedaços. Tempere com as especiarias e o sal. Envolva bem e deixe cozinhar um pouco.
Junte o caldo de aves bem quente e deixe cozinhar durante 20 minutos. 
Triture até obter um creme. 
Sirva quente com uma colher de sopa de natas azedas polvilhadas com canela.

OUTRAS SUGESTÕES