EMBRULHOS DE BACALHAU, ESPINAFRES E BATATA DOCE

POR Figo Lampo

TEMPO TOTAL: 70 mins | DOSES: 4 | DIFICULDADE: Moderado

Preparação: 10 mins | Cozedura: 60 mins

HISTÓRIA

Gosto de receber o outono e o verão com arrumações. Como que uma espécie de renovação, interior e exterior. Começo pela roupa. Abro as malas que guardaram as peças da estação anterior. Vejo uma por uma. Guardo as que servem e as que estão em bom estado separando-as das que já não cumprem com a sua função e que seguem o processo de reciclagem familiar que estabelecemos há anos. Incrível como há peças que passam pela mãe, pela tia, pelas primas e continuam impecáveis. E o jeito que isso dá!

Depois da roupa e sapatos volto-me para a casa e inicio o processo de destralhar.

Revolvo gavetas, estantes, armários. Recantos onde se vão acumulando pedaços do dia-a-dia. E encontro de tudo, recortes de receitas, anotações em post-its, fotografias, revistas, papéis coloridos de um ou outro presente, etiquetas rasgadas de envelopes com moradas de amigos, laços e fitas cortadas daqui e dali, cartões recebidos em ocasiões especiais, velas mordidas por desejos, sacos de papel bonitos, cadernos, tanta coisa…

Tenho o (péssimo) hábito de guardar tudo, afeiçoando-me, na hora, àqueles objectos que me cativam ao primeiro olhar, àqueles pedaços de memória que fazem o dia-a-dia. Confesso que tenho feito enormes progressos pois há uns tempos atrás era impensável separar-me de um qualquer objecto que me trouxesse alguma recordação.

E por esta altura, quando a fase do destralhar de outono começa a passar, tropeço sempre em algum objecto de Natal que no meio das arrumações ficou a descoberto. É tempo agora de começar a preparar a época que se aproxima. Imaginam-se decorações, preparam-se presentes caseiros e dá-se largas à imaginação na criação dos pratos que irão compor o menú da noite de Natal, como estes embrulhos de bacalhau, espinafres e batata doce.

INGREDIENTES E PREPARAÇÃO

1 Cebola roxa pequena
2 Dentes de alho
q.b. Azeite
1 Lombo de bacalhau grande, demolhado
200 g Espinafres frescos
1 Batata doce grande com casca, lavada
30 g Manteiga
300 ml Leite
3 c. sopa Farinha Maizena
q.b. Noz moscada
q.b. Pimenta preta
q.b. Sal
1 embalagem Massa filo

Para preparar os embrulhos de bacalhau, espinafres e batata doce comece por assar a batata doce no forno a 190º. Verifique a cozedura com um palito. Deixe arrefecer e descasque-a. Reserve.

Coloque os lombos de bacalhau num tacho e cubra-os com azeite. Junte um dente de alho esmagado e uma folha de louro. Deixe cozinhar em lume baixo (não deve ultrapassar os 80º) durante cerca de 20 minutos. Rejeite o azeite e lasque o bacalhau. Reserve.

Pique a cebola e o outro dente de alho e refogue com um pouco do azeite do bacalhau. Junte os espinafres e deixe cozinhar uns minutos. Adicione as lascas do bacalhau e a batata doce cortada em pequenos pedaços. Tempere com sal e pimenta preta.

Prepare entretanto um béchamel simples levando a lume brando, num tacho, a manteiga a derreter. Junte a farinha e desfaça-a na manteiga. Adicione o leite aos poucos, mexendo sempre até engrossar. Tempere com sal, pimenta e noz-moscada. Deite o béchamel sobre a mistura do bacalhau e envolva.

Corte as folhas de massa filo em quatro partes iguais.

Pincele um dos quadrados com azeite e coloque dois quadrados em cima desse. Coloque uma colher de sopa cheia do preparado de bacalhau no centro e feche unindo todas as extremidados no centro como uma trouxa. Repita a operação nos outros quadrados.

Leve ao forno a 180º durante cerca de 20 minutos. Sirva os embrulhos de bacalhau, espinafres e batata doce ainda quentes.

OUTRAS SUGESTÕES