MIL FOLHAS DE FIGO

POR Figo Lampo

TEMPO TOTAL: 25 mins | DOSES: 2 | DIFICULDADE: Super fácil

Preparação: 15 mins | Cozedura: 10 mins

HISTÓRIA

Não me recordo de quando ou como começou a minha paixão por figos. Talvez tenha sido mesmo amor à primeira dentada.. 
Recordo-me sim de, tal como hoje, esperar ansiosamente pelo início do Verão para ver as figueiras a carregarem de figos. Dos primeiros, os lampos pretos. Os meus preferidos. 
Espreitava as figueiras quase todos os dias. E era tão grande o desejo que mal ganhavam tamanho puxava-os da árvore para os provar. Ainda ganhei umas valentes dores de barriga por comê-los, desalmadamente, quentes do sol.
Depois dos lampos pretos seguiam-se os pingo de mel. Macios por fora, de um tom verde amarelado. Mais chatos que os lampos mas igualmente deliciosos. Chegavam pela mão do avô sempre que ía à sua horta. Acomodava-os em alguidares de cores no frigorifico e ali ficavam até ao final de cada refeição. Era um festim! 
Um pouco mais tarde surgiam os figos vindimos. Doces e melosos por dentro. De pele escura e interior vermelho vivo. 
Anunciavam o fim da época e o início da produção dos figos secos.
O terraço dos meus avós cobria-se de esteiras com figos. Secavam todo o dia ao sol e eram recolhidos à noite para não apanharem a humidade da noite e madrugada. E assim permaneciam durante dias.
Depois de secos eram escolhidos um a um. Os mais toscos eram torrados e guardados. Os mais bonitos seguiam outro processo. Os meus avós chamavam-lhes figos enseirados. Eram colocados em pequenos cestos e calcados firmemente pela minha avó. Por cima colocava folhas de funcho que lhes dava aroma e ajudava a conservar. Consumiam-se assim, durante o resto do ano, até ao próximo verão. Em compasso de espera pelos primeiros figos da estação.

INGREDIENTES E PREPARAÇÃO

5 folhas Massa filo
120 g Queijo mascarpone
1 Iogurte grego sem açúcar
2 c. sopa Açúcar
1 raspas Laranja
2 folhas Hortelã
6 Figos
1 c. sopa Mel
q.b. Pinhões

Corte as folhas de massa filo em quatro partes iguais de forma a ficar com quadrados.
Pincele um quadrado com manteiga derretida e sobreponha outro dois. Faça o mesmo com os restantes.
Leve ao forno a 180º durante cerca de 10-12 minutos (verifique a cozedura para não cozer demasiado). Retire do forno e deixe arrefecer.

Numa taça misture o mascarpone com o iogurte grego, o açúcar e a raspa de laranja.

Monte os mil folhas: coloque num prato de servir uma base de 3 quadrados de massa filo. Cubra com um pouco do recheio de mascarpone. Corte os figos em fatias finas e coloque sobre o recheio. Proceda da mesma forma até obter três camadas de folhas e 3 de recheio.

Decore o topo do mil folhas com figos fatiados, pinhões e hortelã picada. Regue com um pouco de mel e sirva de imediato. 

OUTRAS SUGESTÕES