Conheça nossos sabores

Batalha de Sabores: assim foi a grande batalha final!

 

Tal como versava a profecia da Batalha de Sabores, este fim de semana o CCME converteu-se no campo de batalha da mais árdua das contendas. Tambores de guerra (para além dos teus artistas favoritos, claro) soaram mais do que as notificações do teu telemóvel no teu dia de anos. E não era para menos: os três bandos da Fanta lutaram a sumo e fogo para defender o seu sabor (Frutas do Bosque; Morango e Kiwi; Pêssego e Damasco).

 

Claro, as mais épicas batalhas sempre contaram com um poderosíssimo líder de guerra. Não queremos imaginar o que teria sido do Império de Alexandre Magno se tivesse tido Instagram, mas… o que sabemos de certeza é que Miguel Alves, Paulo Sousa, Adri Silva e os teus influencers fav foram os que deram as cartas numa guerra 2.0.

E assim foi! Como já sabes, os capitães “number one” do teu timeline levaram meses a doutrinar as suas tropas e a lutar para que o seu sabor de Fanta favorito de edição limitada ficasse com o trono do reino. Até agora a batalha foi mais equilibrada, deram tudo!

Estava claro que isto acabaria com a mais épica das batalhas finais.

A grande contenda desta Batalha de Sabores teve lugar no dia 13 de setembro no CCME. Já ouviste que foi um estrondo, verdade? Pois continua a ler, acaba-nos de chegar um corvo com toooooodos os detalhes!

 

 

Que trema Júlio César: para líderes de guerra, os teus influencers fav! 

 

Pensavas que uma luta como esta ia ficar-se nas trincheiras do Instagram? Nada disso! Uma pequena povoação ao pé do CCME foi o ponto de partida. Lá, os influencers mais corajosos e as suas tropas esboçaram a sua estratégia para a grande batalha final para defender o seu sabor. As suas tropas? Sim, sim, aqueles fanteiros e fanteiras mais corajosos, os que deixaram a pele nas redes, defendendo o seu sabor favorito e derrubando até o último gomo dos seus opositores, tiveram a oportunidade de conhecer os seus influencers favoritos e unir-se aos seus bandos nesta guerra.

 

Quando todas as equipas chegaram às suas tendas na povoação, chegou o momento da verdade: a distribuição de papéis. Quem seria o melhor atirador na catapulta? E o construtor mais hábil? Alguém com estofo de recolector? E o lançador mais preparado?

 

As portas da fortaleza abriram-se ao som do chifre e uma grande esplanada verde repleta de torreões e bandeiras que recordou aos quatro exércitos que a esperança ainda estava sobre a mesa. A vingança serve-se fria, sim… mas a Fanta também!

O mensageiro deu as instruções e deu início à batalha. Só existiria um único vencedor: a equipa que construísse a muralha mais alta. Dezenas de frutas começaram a voar das catapultas para o campo de batalha. “Cuidado, um kiwi!”. “Oh, não! Um pêssego vai direto à tua cabeça!”. Mas os nossos valentes guerreiros não se detiveram na sua façanha.

 

 

Batalha de Sabores: e o vencedor é… 

 

Não vamos mentir, sofremos alguma baixa na contenda, mas os exércitos tinham uma boa munição da sua Fanta predileta. Golaço, grito de guerra e… à luuuuuuta! Terminou a batalha… mas não a guerra! Na segunda batalha, os quatro bandos continuaram a derramar gotas e lágrimas para atravessar todo o tipo de obstáculos e conseguir chegar ao monólito.

 

Adoraríamos dizer-te que bando o conseguiu, mas… é melhor vê-lo que contá-lo, assim agarra com força no teu telemóvel e vai depressa às redes sociais da Fanta.

 

O que podemos adiantar é que este campo de batalha esteve aberto durante todo o fim de semana para todos os participantes do festival CCME. Para além de perderem a voz a cantar as músicas de Liam Payne, Natalia Lacunza, Lola Índigo e Lalo Ebratt, entre muitos outros, os espetadores puderam viver na primeira pessoa uma batalha lendária, lutando eles próprios para alcançar a perpetuidade do legado da sua Fanta favorita.

E agora que por fim chegou a paz… vai uma Fanta para comemorar? ;)